Posts Tagged ‘amamentando a noite’

Faltam 21 dias…

julho 11, 2008

Eu me considero sortuda porque nunca tive problemas para amamentar. Para mim a amamentação sempre foi um ato carinhoso, amoroso e recheado de sensações deliciosas, uma ligação fortíssima que selei com meu filhote desde seus primeiros momentos de vida.

Porém, quando tive que voltar a trabalhar, começou a rolar uma certa pressão para o desmame. Há uma creche no meu trabalho e apesar da facilidade e rapidez que eu tinha de chegar até o Samuel, sentia nas berçaristas uma certa impaciência, já que ele era um dos poucos bebês que ainda mamavam exclusivamente no peito. As outras mães amamentavam, sim, mas aos poucos foram substituindo algumas das mamadas por complemento e logo iniciaram a introdução de alimentos.

Eu segui firme e forte no aleitamento exclusivo, apesar de alguns olhares enviezados e de alguns comentários sutis, mas que mexiam comigo, como “esse leite não sustenta mais, hein!?” ou “agora a tendência é o leite secar, né?“… Procurava não ligar, mas dependendo do meu nível de cansaço, da quantidade de trabalho acumulado, e das noites mal dormidas, isso às vezes me incomodava.

Apesar de tudo, alcancei os 6 meses de amamentação exclusiva e continuei a amamentar meu bebê toda tarde até 1 ano de idade, isso além das mamadas de manhã, antes de dormir e durante a madrugada, que continuam até hoje. Quando estamos juntos, a livre demanda ainda é a regra aqui em casa. O Sam, que hoje tem dois anos e um mês, é uma criança feliz, amada, segura, independente e vai continuar a mamar no peito enquanto quiser ou enquanto estiver bom para nós dois. Acho que vai longe, viu? Ainda bem!

Aurea Gil, 29 anos, mãe do Samuel, 2 anos e 1 mês, nascido de parto normal hospitalar em São Paulo, SP

Anúncios